24 AprCientistas invertem perda de memória em ratos com Alzheimer

A equipa da Universidade Autnoma de Barcelona injetou em ratos que se encontravam nas fases iniciais da doena um gene que desencadeia a produo de uma protena que est, em doentes com Alzheimer, bloqueada no hipocampo – uma rea do crebro essencial para o processamento de memrias.

“A protena que foi reconstituda atravs da terapia de genes desencadeia os sinais necessrios para ativar os genes envolvidos na consolidao da memria de longo prazo”, indicou a universidade em comunicado.

A terapia de genes consiste em transplantar genes em clulas do paciente para corrigir a doena que , de outra forma, incurvel, causada pela falncia de um ou outro gene.

A descoberta foi publicada no “Journal of Neuroscience” e surgiu aps quatro anos de investigao.

“A esperana que este estudo possa levar ao desenvolvimento de drogas farmacuticas que possam ativar estes genes em seres humanos e permitir a recuperao da memria”, disse o lder da equipa de investigao, Carlos Saura, citado pela agncia de notcias francesa, AFP.

Leave a Reply